Ferir ou curar com palavras?

​O que fazer quando somos agredidos verbalmente? Quando sofremos bullying virtual? É claro que ficamos muito tristes com isso, e muito indignados, talvez até justificadamente irados. Mas pare e pense. O que disse Jesus?

“Amem os seus inimigos e orem por aqueles que os perseguem.” (Mateus 5:44)

Essa questão é tão importante que nossa posição quais cristãos verdadeiros, aceitos e justificados por Deus depende de não nutrirmos o ódio por nosso semelhante.

“Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor.” (1 João 4:8)

Nao adianta pregarmos o amor em nossas redes sociais e cultivarmos o ódio no coração. Deus vê todas as coisas. Você que diz amar o próximo e a Jesus, mas que insulta o próximo, corre este risco:

“Mas eu lhes digo que qualquer um que ficar com raiva do seu irmão será julgado. Quem disser ao seu irmão: “Você não vale nada” será julgado pelo tribunal. E quem chamar o seu irmão de idiota estará em perigo de ir para o fogo do inferno.” (Mateus 5:22, NTLH)

Sim, você que chama seu irmão de impropérios (nomes feios, palavrões) poderá ser destruído eternamente no fogo simbólico da Geena!

Portanto, todos vocês que de algum modo já ofenderam alguém (E quem é que nunca ofendeu?), peçam desculpas! O mesmo pode ser feito se você “pagou o mal com o mal”, isto é, devolveu insultos de outros com seus próprios insultos. 

Não importa de qual lado você esteja, ofensor inicial ou ofensor secundário, faça as pazes com o próximo e com o Pai Celestial e venha a conhecê-Lo de verdade! 

Lembre-se do inspirado conselho apostólico:

“Vede que ninguém pague a outro mal por mal. Antes, procurai sempre praticar o bem entre vós e para com todos.” (1 Tes. 5:15)

Se seu pedido sincero de desculpas não surtir efeito, paciência. Nem Jesus conseguiu agradar a todos. Pelo menos você fez a coisa certa. Pare de responder às agressões. Deixe a coisa esfriar, morrer. Afaste-se do agressor, como Jesus muitas vezes fez literalmente na vida real:

Então pegaram em pedras para lhe atirarem; mas Jesus ocultou-se, e saiu do templo, passando pelo meio deles, e assim se retirou. (João 8:59)

Mas se sua atitude pacífica der certo, melhor ainda. Você ganhou seu irmão! Usou suas palavras para curar! 

Acima de tudo, e em ambos os casos, estará glorificando a Deus com seus lábios e suas ações.

Amém!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s